"Terramoto Ronaldo" deve abanar preparação de Juventus, PSG e Real

"Terramoto Ronaldo" deve abanar preparação de Juventus, PSG e Real

'Corriere dello Sport' destaca que a potencial saída do astro luso do clube de Turim poderá desencadear transferências noutras latitudes europeias

A gozar os últimos dias de férias após participar no Euro'2020, Ronaldo vai aterrar, na próxima segunda-feira, em Turim, por força de mais um ano de contrato com a Juventus, mas a Imprensa italiana, face à eventual incerteza da continuidade do português na Vecchia Signora, antecipa um possível "terramoto" no mercado.

O jornal transalpino 'Corriere dello Sport', publicado esta sexta-feira, destaca em primeira página que a potencial saída do astro luso da Juventus poderá causar um efeito "dominó" noutras latitudes da Europa, desencadeando mudanças de alguns atletas, em concreto no Paris Saint-Germain, com o Real à mistura.

O diário italiano aponta que o presidente do PSG, Nasser Al-Khefali, pretende contratar Ronaldo caso Mbappé, cujo futuro imediato ou a médio prazo deverá passar por Madrid, já que se recusou a renovar com o emblema de Paris e entrará no último ano de contrato, reforce o plantel do Real Madrid.

Esta potencial "troca" entre franceses e espanhóis poderá, refere o 'Corriere dello Sport', poderá até influenciar as carreiras do avançado Icardi e do médio Leandro Paredes, na medida em que ambos passariam a ser alvos da Juventus para colmatar a saída de Cristiano Ronaldo.

Especulações à parte, existe a possibilidade, salvaguardada pelo contrato válido até junho de 2022, do internacional português se manter em Turim, pelo que, nesse caso, o PSG não voltaria, muito provavelmente, a entrar em ação no mercado, ou seja, fazer vendas e compras.

Contratados os defesas Sergio Ramos e Hakimi, o guardião Donnarumma e o médio Wijnaldum para a nova temporada, o clube de Paris necessitará de ter as contas equilibradas em função do fair-play financeiro da UEFA, pelo que Ronaldo seria mesmo uma exceção.