Final perdida não abala confiança: Southgate ao leme de Inglaterra

Final perdida não abala confiança: Southgate ao leme de Inglaterra

Selecionador inglês quer continuar no cargo, mas não garante permanência para lá do Mundial do Catar.

A derrota de Inglaterra na final do Euro'2020, diante de Itália, nas grandes penalidades, não abala a confiança de Gareth Southgate, que pretende levar a seleção dos três leões ao Mundial de 2022.

A garantia foi dada pelo próprio, esta segunda-feira, numa conferência de Imprensa de rescaldo à campanha inglesa no campeonato da Europa. Porém, o selecionador, de 50 anos, não garante a continuidade no cargo para lá da prova que terá o Catar como organizador, em novembro e dezembro do próximo ano.

"Não quero estar a comprometer-me por mais tempo do que aquele que devo ficar aqui. Não quero passar o prazo de validade", assinalou Southgate.