Filho de Solskjaer "responde" a Mourinho: "Ri-me muito, nunca me faltou comida"

Filho de Solskjaer "responde" a Mourinho: "Ri-me muito, nunca me faltou comida"

Noah Solskjaer divertiu-se com a troca de galhardetes entre o pai, treinador do Manchester United, e o português José Mourinho.

À derrota do Tottenham frente ao Manchester United (3-1), no domingo, seguiu-se uma troca de galhardetes entre os treinadores de ambas as equipas, José Mourinho e Ole Gunnar Solskjaer.

O norueguês, que conduziu os "red devils" à vitória, visou Son, avançado dos "spurs", em declarações após a partida. "Se o meu filho ficasse três minutos no chão daquela forma, não lhe dava de comer", atirou Solskjaer, criticando a conduta do sul-coreano durante o encontro. Mourinho ripostou pouco depois:

"O Son tem muita sorte, o pai dele é uma pessoa melhor que Ole [Solskjaer]. Eu acho que um pai, eu sou pai, tem sempre que dar apoio ao seu filho independentemente do que ele faz. Estou muito desapontado. É como dizemos em Portugal, 'pão, pão, queijo, queijo'. Eu já lhe disse tudo o que achei disso", atirou, então, o "Special One". Agora, Noah Solskjaer, filho do técnico do United, reagiu às declarações do pai e de Mourinho de forma bem-humorada.

"Ri-me muito no domingo. Nunca me faltou comida, posso garantir isso a toda a gente", afiançou o jovem de 20 anos, que atua no Kristiansund, ao jornal norueguês Tidens Krav. E rematou: "Eu nunca me teria deitado ao chão da forma que Son se deitou. Mourinho queria, provavelmente, desviar o foco da derrota do Tottenham", vincou Noah.