Liga Europa: os primeiros apurados e o Vitória ainda com chances

Liga Europa: os primeiros apurados e o Vitória ainda com chances

Celtic e Sevilha já fizeram a festa. Confira as notas de principal destaque.

Celtic e Sevilha são os primeiros clubes apurados para os 16 avos de final da Liga Europa de futebol, após metade dos jogos da quarta jornada da fase de grupos, e o Sporting está muito perto desse objetivo. Ao ganhar por 2-0 no campo do Rosenborg, o Sporting 'saltou' para a liderança do seu grupo, com nove pontos, mais dois que PSV e LASK e ficou em boa posição para conseguir o apuramento.

Celtic, vencedor da Lazio em Roma, por 2-1, e Sevilha, que goleou no Luxemburgo o Dudelange, por 5-2, atingem respetivamente 10 e 12 pontos e sabem desde já que prosseguirão na prova, após o fecho desta fase, em 12 de dezembro.

A nível individual, o destaque português vai para Manuel Fernandes, com um golo e interferência noutro na vitória por 3-1 do Krasnodar sobre o Trabzonspor, que relança os russos, carrascos do FC Porto na Liga dos Campeões.

Com golos de Coates, aos 16 minutos, e Bruno Fernandes, aos 38, o Sporting resolveu cedo a missão que tinha na Noruega, passando depois a gerir um jogo em que nunca foi inferior aos nórdicos, que continuam sem pontuar.

Neto centrou bem para o golo do uruguaio, de cabeça, enquanto que o golo do capitão leonino nasceu de uma jogada individual, em que tirou um defesa da sua frente e rematou muito colocado.

Ao mesmo tempo, o PSV, de Bruma, caía com estrondo na Áustria, ao perder 4-1 com o LASK, deixando o grupo D com uma corrida a três, para duas vagas.

No Grupo A, o Sevilha é virtual primeiro, com 12 pontos - Apoel e Qarabag, com quatro pontos, e Dudelange, com três, procuram a outra vaga. Rony Lopes foi titular no ataque sevilhano, mas ficou em 'branco', enquanto Munir conseguiu um hat-trick e o israelita Dabour bisou.

O APOEL, com Joãozinho, conseguiu a primeira vitória do ano na competição, com um 2-1 ao Qarabag.

Também apurado, está o Celtic, que já não desce de segundo no Grupo E, após a sofrida vitória em Roma, que só apareceu aos 90+5 minutos, com um golo de Nitcham.

Começou bem a tarde para a Lazio, já que o seu goleador Immobile abriu o marcador, aos sete minutos. O Celtic reagiu antes do intervalo, com Forrest a empatar, aos 38.

Com a vitória do Cluj, de Camora, sobre o Rennes, por 1-0, a continuidade do Lazio fica muito comprometida - tem só três pontos, contra 10 do Celtic e nove do Cluj.

No Grupo C, o Krasnodar reentra bem na luta, após vencer o Trabzonspor por 3-1, sendo um dos golos de Manuel Fernandes, com forte interferência noutro, que acabou por ser atribuído ao turco Serkan Asan, como autogolo.

O Basileia ganhou ao Getafe por 2-1 e lidera com 10 pontos, mas ainda pode ser passado pelo Krasnodar e pelos espanhóis, que estão com seis.

Para o Grupo F, do Vitória de Guimarães, o Standard de Liége ganhou 2-1 ao Eintracht Frankfurt, com Gonçalo Paciência e André Silva, o que permite aos minhotos ainda ter hipóteses matemáticas de apuramento.

Comanda o Arsenal, com 10 pontos, à frente de Standard e Eintracht, com seis, e o Vitória, com um. Os alemães podiam qualificar-se, mas caíram para o terceiro lugar.

Dois empates no Grupo B - 0-0 no Lugano-Malmo e 1-1 no Copenhaga-Dinamo de Kiev - que deixam tudo em aberto, como na jornada anterior: Copenhaga e Dínamo atingem os seis pontos e o Malmö cinco.