"Alguém me disse que joguei contra Lionel Messi e nem sabia"

"Alguém me disse que joguei contra Lionel Messi e nem sabia"
Redação

Memórias de um jogo particular entre Barcelona e Marselha.

Corria 2004, tinha apenas 17 anos, quando Messi, recém-chegado ao plantel principal do Barcelona, atuou num particular com o Marselha, numa das primeiras aparições com a camisola culé. Ainda distante do estrelato, pese o talento, o argentino não ficou na memória pelo que fez em Perpignan.

"A única estrela ali era Rijkaard [treinador]. Aquele miúdo [Messi] parecia bastante técnico, mas, na verdade, era como os outros. Foi só mais tarde, quando era o melhor do mundo, que alguém me disse que eu tinha jogado contra Messi, sem o saber", afirmou Marlet, antigo jogador, ao jornal Le Parisien.

Embora Messi não tenha sobressaído, o presidente blaugrana de então, Joan Laporta, previu ao homólogo francês Christophe Bouchet, quando alertado para o potencial de Nasri, que Messi seria, mais tarde, o melhor jogador do Mundo, o que se verificou em épocas vindouras.

"A sua resposta ficou na minha mente:' temos um miúdo de 17 anos chamado Messi e ele vai tornar-se o melhor jogador do mundo, temos a certeza disso'", revelou o antigo dirigente.