Abel deixa garantia após derrota: "Não me vão ver cabisbaixo"

Abel deixa garantia após derrota: "Não me vão ver cabisbaixo"

Declarações do treinador do Palmeiras após o desaire com o São Paulo.

O Palmeiras, treinado pelo português Abel Ferreira, perdeu em casa com o São Paulo por 1-0, em jogo da quinta jornada do Campeonato Paulista, do Brasil. O desaire surge depois de a equipa ter deixado fugir a Supertaça sul-americana, para o Defensa e Justicia. Apesar do momento menos bom, o treinador não se mostra com a confiança abalada.

"Vou ser muito honesto, como sempre. Cometo os meus erros, com a minha sinceridade. Eu acho que não (vai abalar a confiança). A equipa jogou sem esse pensamento, jogou o seu melhor com os recursos que tinha. Tentou propor um jogo contra um adversário que pressiona. Conseguimos, algumas vezes, eliminar essa primeira pressão. O nosso adversário teve mais posse, mas quando olho para as grandes oportunidades do jogo... Acho que foi muito equilibrado, na minha opinião muito bem jogado", afirmou após o encontro.

"Estamos tristes porque perdemos, mas não me vão ver cabisbaixo. Temos 24 horas, não há outra forma. A única coisa que me preocupa é a lesão dos jogadores", continuou.

"Foi um jogo competitivo, equilibrado, onde o nosso adversário teve um pouco mais de bola e acabou por marcar num detalhe. Neste tipo de jogos, clássicos, pequenos detalhes fazem a diferença. Gostei do comportamento geral da equipa. Não gostamos de perder com ninguém, mas não posso estar triste com o que os jogadores fizeram. Há margem para nós crescermos", rematou.