Euro2020: Portugal concentra-se com uma estreia e uma dúvida

Euro2020: Portugal concentra-se com uma estreia e uma dúvida

Domingos Duarte foi chamado pela primeira vez por Fernando Santos. A condição Cristiano Ronaldo é uma incógnita. Portugal defronta a Lituânia, no Estádio Algarve, na quinta-feira, e joga no Luxemburgo, no domingo, nos últimos desafios do Grupo B.

A Seleção Nacional concentra-se, esta segunda-feira, com o estreante Domingos Duarte e com Cristiano Ronaldo em dúvida para os dois últimos jogos do Grupo B, que podem garantir o apuramento direto para o Euro2020.

No domingo, Ronaldo foi titular no triunfo da Juventus sobre o AC Milan (1-0), no campeonato italiano, mas acabou substituído aos 55 minutos de jogo, aparentemente com queixas num dos joelhos.

Pepe, do FC Porto, e Nélson Semedo, do Barcelona, integraram a lista inicial de convocados do selecionador Fernando Santos, mas, devido a lesão, ambos foram substituídos pelo estreante Domingos Duarte, do Granada, e por João Cancelo, do Manchester City.

O avançado Éder, herói da conquista portuguesa no Euro2016, está de regresso aos convocados, assim como Daniel Podence, Diogo Jota e Gonçalo Paciência.

Portugal está obrigado a vencer os dois jogos para assegurar o segundo lugar do Grupo B e o apuramento direto para o Euro2020, independentemente dos resultados obtidos pela Sérvia nos dois últimos encontros de apuramento.

Segunda classificada do grupo, atrás da Ucrânia - que já garantiu o primeiro lugar -, a equipa campeã europeia até pode qualificar-se para a fase final já na próxima quinta-feira, caso se imponha ao lanterna-vermelha e a Sérvia, terceira colocada, com menos um ponto, não vença na receção ao Luxemburgo.

Portugal concentra-se hoje, até às 22:00, num hotel na zona de Cascais, e inicia os treinos na terça-feira, na Cidade do Futebol, em Oeiras.

Lista dos 25 convocados:

Guarda-redes: Beto (Goztepe, Turquia), José Sá (Olympiacos, Grécia) e Rui Patrício (Wolverhampton, Inglaterra)
Defesas: Domingos Duarte (Granada, Espanha), Ricardo Pereira (Leicester, Inglaterra), José Fonte (Lille, França), João Cancelo (Manchester City, Inglaterra), Rúben Dias (Benfica), Ruben Semedo (Olympiacos, Grécia), Mário Rui (Nápoles, Itália) e Raphael Guerreiro (Borússia Dortmund, Alemanha)

Médios: Danilo Pereira (FC Porto), Rúben Neves (Wolverhampton, Inglaterra), Bruno Fernandes (Sporting), João Mário (Lokomotiv Moscovo, Rússia), João Moutinho (Wolverhampton, Inglaterra) e Pizzi (Benfica)


Avançados: Bernardo Silva (Manchester City, Inglaterra), Bruma (PSV Eindhoven, Holanda), Podence (Olympiacos, Grécia), André Silva (Eintracht Frankfurt, Alemanha), Cristiano Ronaldo (Juventus, Itália), Diogo Jota (Wolverhampton, Inglaterra), Éder (Lokomotiv Moscovo, Rússia) e Gonçalo Paciência (Eintracht Frankfurt, Alemanha)