Campeões olímpicos russos Andrei Silnov e Natalya Antyukh suspensos por doping

Campeões olímpicos russos Andrei Silnov e Natalya Antyukh suspensos por doping
Redação com Lusa

Tópicos

A dupla russa tinha sido acusada de utilizar ou tentar utilizar uma substância ou método proibido, na sequência de uma investigação da Agência Mundial Antidopagem ao desporto russo.

Os campeões olímpicos russos Andrei Silnov (salto em altura, em Pequim'2008) e Natalya Antyukh (400 metros barreiras, em Londres'2012) foram suspensos quatro anos por doping, anunciou esta quarta-feira o Tribunal Arbitral do Desporto (TAS).

A dupla russa tinha sido acusada de utilizar ou tentar utilizar uma substância ou método proibido, na sequência de uma investigação da Agência Mundial Antidopagem ao desporto russo, que vem desde 2016.

Antyukh tinha conquistado mais duas medalhas, uma de prata, na estafeta 4x400 metros, e uma de bronze, nos 400 metros, nos Jogos de Atenas'2004.

Nenhum dos atletas compete desde 2016, e mantêm as medalhas, encabeçando uma lista sumária do TAS, sobre um total de 12 atletas russos, com a suspensão mais pesada a recair sobre Yelena Soboleva, por oito anos, e quatro a verem a pena ser reduzida.