Jogador dos Atlanta Hawks acusou doping e vai falhar vários jogos

Jogador dos Atlanta Hawks acusou doping e vai falhar vários jogos

John Collins confessou estar "frustrado e dececionado" consigo mesmo, por colocar a equipa numa situação delicada.

O basquetebolista norte-americano John Collins, dos Atlanta Hawks, foi suspenso por 25 jogos, após acusar uma taxa anormal de hormonas de crescimento num controlo anti-doping, anunciou hoje a NBA.

"A suspensão entra em vigor imediatamente para o extremo de 22 anos, que acusou uma taxa anormal de GHRP-2, uma hormona de crescimento", explicou a Liga norte-americana, em comunicado.

Entretanto, o jogador confessou estar "frustrado e dececionado" consigo mesmo, por colocar a equipa numa situação delicada, "pelo impacto que este caso tem no trabalho que tem vindo a ser realizado esta época pelos Atlanta Hawks".

"Sempre fui muito cuidadoso com o que colocava no meu corpo, mas tomei um suplemento que, sem eu saber, continha um componente proibido", acrescentou John Collins, autor de uma média de 17 pontos e 8,8 ressaltos na temporada 2019/20.

Esta decisão da NBA ocorre menos de duas semanas depois da suspensão aplicada a Deandre Ayton, poste dos Phoenix Suns, que apanhou 25 jogos por um teste positivo a um diurético.

A NBA, como a maioria das principais ligas desportivas norte-americanas, não é signatária do Código Mundial Antidopagem e administra seu próprio programa antidopagem.