"Passei por uma depressão, ainda envio mensagens à minha mãe"

"Passei por uma depressão, ainda envio mensagens à minha mãe"

Em carta sentida e emocionada ao The Players Tribune, Ricky Rubio aborda o falecimento da mãe, vítima de cancro

Ricky Rubio, base espanhol que atualmente atua nos Phoenix Suns, da NBA, abriu o coração numa carta publicada no sítio The Players Tribune, na qual revela que passou por uma depressão em 2016, depois do falecimento da mãe, Tona, vítima de cancro de pulmão. Após a quebra emocional, recuperou e ainda recentemente foi eleito o melhor jogador do Mundial de basquetebol que se realizou este ano e no qual a Espanha se sagrou novamente campeã do mundo.

"Passaram dois meses até acabar a época. Fiz o que tinha a fazer no campo. Mas foi muito difícil. A minha mente estava longe. Pensei na minha mãe o tempo todo. Depois do último jogo da época com o Wolves [equipa que representou em 2015/16], voei para casa novamente", relata, prosseguindo com emoção: "Mamã morreu umas semanas depois. Quando alguém que amas morre é como se uma névoa te envolvesse. Assim foi para mim. Senti-me sem direção... Todos os anos, quando voltava a Minnesota para um estágio, começava os dias da mesma forma: FaceTimming Mamã. Na primeira época depois da sua morte, acordava e pensava ligar-lhe. Fez-me querer partir o telemóvel. Mas não pude apagar o seu número. Às vezes cheguei a enviar-lhe mensagens de texto. Ainda o faço. Durante algum tempo, senti que estava a ficar maluco, como se estivesse a falar comigo próprio. [...] Culpava toda a gente, deitei a culpa a tudo. Passei por uma depressão. [...] Passei a ver a vida de forma diferente. Passei a ver o basquetebol de forma diferente. Nada me parecia tão sério. Já sabes, só estamos a jogar um jogo. Pensava que estava a pisar a água o melhor que podia, mas ainda me afogava. Não sei como explicar. Não sabia como resolver isto sozinho. Aprendi quando finalmente recebi ajuda, quando fui falar com um terapeuta."

A carta da Ricky Rubio, que em entrevista recente já tinha revelado que recorreu à meditação e à leitura para ultrapassar a situação, termina com uma mensagem para a mãe: "O basquetebol é muito importante para mim. Mas sei que posso ter impacto de outras formas. Posso ser muitas coisas, uma delas é continuar a ser o filho de uma mamã. Todos os dias procuro fazer algo que a deixe orgulhosa. É o que merece. Somos uma equipa. Vamos ter-nos para sempre. Quero-te mamã."

O The Players Tribune, recorde-se, é um sítio criado pelo antigo jogador de basebol Derek Jeter, e ganhou notoriedade com o poema de despedida do basquetebol escrito por Kobe Bryant ("Dear Basketball", que depois converteu em filme animado e em 2018 venceu o Óscar de Melhor Curta-metragem de Animação). Já passaram por lá Cristiano Ronaldo, João Félix, Bernardo Silva, Buffon, Marcelo, Ronaldo "o fenómeno", Curry com Neymar, Tite, entre muitíssimos atletas de vários desportos que escolhem essa plataforma para se exporem na primeira pessoa.