World Roller Games adiados: Portugal defende título mundiial em 2022

World Roller Games adiados: Portugal defende título mundiial em 2022

O comité executivo da Federação Internacional de Patinagem entende que não estão reunidas as condições para o Mundial se realizar no próximo ano

Os World Roller Games, evento no qual se insere o Mundial de hóquei em patins, não vão realizar-se em 2021, como programado.

A decisão saiu da reunião da World Skate (Federação Internacional de Patinagem), que alega que, devido à situação gerada pela pandemia, não existem garantias de segurança para que o evento tenha lugar no próximo ano.

""Desde que, em 1947, começámos a realizar campeonatos mundiais regularmente, esta é a primeira vez que não podemos realizar eventos de classe mundial em nenhuma das nossas disciplinas. O nosso principal objetivo é preservar a saúde dos atletas e, devido à situação atual, não podemos garantir que eles possam competir nas condições adequadas. Voltaremos mais fortes! ", afirma, em comunicado, Sabatino Aracu, presidente da World Skate.

Os Mundiais das disciplinas da patinagem em inline, previstos para 2020, também foram adiados para 2021, mantendo-se os países anfitriões: China (inline freestyle), Paraguai (patinagem artística inline) e Colombia (hóquei em linha e inline speed skating).

Em comunicado, a World Skate informou ainda que todas as provas continentais de 2020 foram igualmente adiadas para 2021. Contudo, a World Skate Europe já tinha informado que o Europeu de hóquei em patins de 2020, em Roche sur Yon, iria realizar-se em julho de 2021.

Os World Roller Games de 2021, ficam, assim, reagendados para 2022; com o Mundial de hóquei em patins em San Juan (Argentina) e as restantes disciplinas da patinagem em Buenos Aires (Argentina).

Recorde-se que os WRG tiveram a primeira edição em 2017, na China (Nanjing), com vitória da Espanha, tendo a segunda edição sido acolhida por Barcelona, onde Portugal se sagrou campeão do mundo.