Família Márquez em festa: 17.º pódio para Marc, título de Moto2 para Alex

Família Márquez em festa: 17.º pódio para Marc, título de Moto2 para Alex

Marc Márquez terminou o GP da Malásia no segundo lugar, enquanto o irmão garantiu matematicamente o título de Moto2

O espanhol Maverick Viñales (Yamaha) venceu este domingo o Grande Prémio da Malásia de MotoGP ao bater o já coroado campeão mundial Marc Márquez (Honda) por 3,059 segundos na penúltima prova da temporada, que não contou com o português Miguel Oliveira.

Viñales saltou para a liderança pouco depois do arranque e nunca mais foi incomodado, nem mesmo pelo compatriota da Honda, que partiu da 11.ª posição.

O piloto da Yamaha, que já não vencia desde o Grande Prémio da Holanda deste ano, cavou uma distância de mais de três segundos, suficiente para impedir o ataque final do já campeão, numa ronda em que não alinhou o português Miguel Oliveira devido a lesão.

Em terceiro lugar terminou o italiano Andrea Dovizioso (Ducati), que aguentou as investidas do compatriota Valentino Rossi (Yamaha) nas últimas cinco voltas da corrida.

Viñales, que esta temporada mudou para o número 12 por ser esse o número que usava nas categorias inferiores quando conseguia bater com regularidade o mais velho dos irmãos Marquez, ascendeu ao terceiro lugar do campeonato, com 201 pontos.

Quando falta apenas uma prova para o fecho da época, Márquez chegou aos 395 pontos e ultrapassou o compatriota e companheiro de equipa na Honda Jorge Lorenzo como o piloto com maior número de pontos numa temporada. Em 2010, Lorenzo somou 383. Em terceiro lugar dessa lista surge Rossi, graças aos 373 pontos que lhe valeram o título em 2008.

Marc Márquez tornou-se também no primeiro piloto de sempre a chegar aos 17 pódios na mesma época.

Para a última corrida, em Valência, no dia 17 de novembro, ficou marcada a decisão do título mundial de equipas. Nesta altura, a Ducati comanda, com 432 pontos, mais dois do que a Honda.

Miguel Oliveira não estará presente nessa ronda final, pois este domingo foi submetido a uma intervenção cirúrgica ao ombro direito num hospital de Innsbruck, na Áustria.

A família Márquez já antes tinha festejado a conquista de Alex (Kalex), irmão mais novo de Marc, que garantiu matematicamente o título de Moto2 ao terminar a corrida malaia na segunda posição, atrás do sul-africano Brad Binder (KTM).

Em Moto3, a vitória sorriu ao já campeão Lorenzo dalla Porta (Honda).