Canoístas juniores a milésimos de segundo das medalhas mundiais

Canoístas juniores a milésimos de segundo das medalhas mundiais

Iago Bebiano e Regina Oliveira participaram na categoria de velocidade

Os canoístas portugueses Iago Bebiano e Regina Oliveira ficaram hoje a milésimos de segundo de alcançar medalhas nos Mundiais de velocidade de juniores e de sub-23, a decorrerem até domingo em Pitesti, na Roménia.

Iago Bebiano foi sexto classificado na prova de K1 juniores 200 metros e Regina Oliveira assegurou também o sexto posto na mesma prova da competição feminina, tendo ambos os atletas estado na luta pela subida ao pódio até à pagaiada final.

O canoísta luso terminou com o registo de 37.145 segundos, a apenas 310 milésimos de segundo da medalha de ouro e a 238 de voltar a subir ao pódio numa competição internacional.

Campeão da Europa em Racice, na República Checa, o britânico Daniel Atkins conquistou, também, o título de campeão mundial, com o alemão Tom Maassen a ganhar a medalha de prata e o espanhol Gabriel Martinez a levar o bronze.

De modo a perceber-se o final alucinante desta distância, que faz parte do programa olímpico, importa referir que os oito primeiros classificados ficaram separados por 970 milésimos de segundo.

Numa prova em que a diferença entre a campeã do mundo e a sétima classificada se cifrou em escassos 942 milésimos de segundo, Regina Oliveira terminou a final A com o registo de 42.785 segundos, a 904 milésimos de segundo do título mundial e a 700 milésimos do terceiro lugar.

A canoísta bielorrussa Veranika Leaniuk sagrou-se campeã do mundo de K1 juniores de 200 metros, com os restantes dois lugares medalhados a serem ocupados, respetivamente, pela italiana Irene Bellan e a húngara Eszter Rendessy.