Ashleigh Barty regressa à competição após um ano de ausência

Ashleigh Barty regressa à competição após um ano de ausência
Redação com Lusa

Tópicos

Apesar da ausência prolongada, a australiana manteve-se no topo do ranking WTA.

A tenista australiana Ashleigh Barty, número um mundial, regressa à competição após quase um ano de ausência num torneio de exibição em Adelaide, em 29 de janeiro, anunciaram esta quinta-feira os organizadores.

Barty, que se manteve no topo do ranking WTA apesar da sua ausência no circuito desde fevereiro de 2020, vai encontrar em Adelaide, entre outras, a romena Simona Halep (n.º 2 mundial), a japonesa Naomi Osaka (n.º 3) e a norte-americana Serena Williams (n.º 11).

"Mal posso esperar para jogar a minha primeira partida em 2021 e estou feliz que tenha lugar em Adelaide", referiu Ashleigh Barty, de 29 anos, num comunicado divulgado pela federação australiana.

A número um mundial falhou praticamente toda a temporada de 2020, revolucionada pela pandemia de covid-19, nomeadamente o Open dos Estados Unidos e Roland Garros, por opção.

Barty decidiu não viajar quer para Nova Iorque, quer para Paris, abdicando mesmo de defender o título conquistado no Grand Slam francês no ano anterior, devido "aos riscos existentes por causa da covid-19".

Em masculinos, o sérvio Novak Djokovic, número um do mundo, o espanhol Rafael Nadal (n.º 2) e o austríaco Dominic Thiem (n.º 3), também disputarão este torneio de exibição em Adelaide.

O torneio de exibição de Adelaide, que decorrerá num único dia (29 de janeiro), está inserido na preparação dos jogadores para o Open da Austrália, que terá início a 8 de fevereiro, após ter sido adiado por três semanas devido à pandemia de covid-19.