Exclusivo Alerta aos fundistas: é melhor mudarem a atitude

Alerta aos fundistas: é melhor mudarem a atitude
Carlos Flórido

Tópicos

Europeu de Corta-mato levou-nos do entusiasmo à depressão. Os piores resultados de sempre, a repetirem-se, vão um dia ter custos. Para os atletas.


Como sou um otimista, entusiasmei-me no dia em que saiu a convocatória da Federação Portuguesa de Atletismo para os Europeus de Corta-mato: eram chamados todos os melhores, sem necessidade de gastar forças em provas de apuramento e tendo tempo suficiente para se prepararem. Não sou sonhador ao ponto ter imaginado medalhas como nos anos em que a camisola de Portugal intimidava os adversários, mas acreditei que os atuais e discretos equipamentos brancos estivessem de novo entre os 14 países que festejaram pelo menos um pódio na holandesa Tilburg.