Exclusivo Quem ignorou o desespero de centenas de clubes não tem moral para falar agora

Quem ignorou o desespero de centenas de clubes não tem moral para falar agora
Jorge Maia

Tópicos

O desporto, e o futebol em particular, dispensam o oportunismo político de quem passou o último ano a ignorá-lo.

Durante mais de um ano, Pinto da Costa foi uma voz praticamente isolada na crítica ao Governo, sublinhando insistentemente a incoerência e, por tabela, a injustiça dos dois pesos e das duas medidas que o Executivo liderado por António Costa e as autoridades de saúde aplicaram à generalidade das atividades culturais, por um lado, e ao desporto, por outro.