Premium Braga, FC Porto e o mapa da Liga

José Manuel Ribeiro

Tópicos

São bem mais rivais do que parece e já não discutem só taças em finais como a de hoje

Pela geografia e pela aliança intermitente com o Benfica, o adversário natural deste Braga de António Salvador é o FC Porto. Ler isto talvez seja brincadeira para pôr os portistas (e vitorianos) aos saltos, mas não foram só as duas taças perdidas para os bracarenses que, nos últimos sete anos, verteram vinagre na ferida dos dragões. O Braga também está um centro de treinos à frente do FC Porto, e essa não é uma questão menor.

Bastaria a ambição clara e óbvia de Salvador para incomodar um clube que, perdido nas guerras da benfiquisação e dos comunicados, perdeu durante demasiado tempo esse foco de progresso. FC Porto e Braga podem não discutir classificações, mas disputam, por exemplo, o mesmo território de recrutamento, já maculado por nomes como Trincão, Pedro Neto (genial no Wolverhampton) ou, noutro contexto, Rafa e Lima. O Braga é uma peça incontornável no xadrez da Liga, por ser (ainda) a melhor incubadora de treinadores e jogadores para os maiores clubes, mas cada vez mais cara, fora do alcance e relutante em colaborar com uma equipa que quer ver como um concorrente direto.