Premium Gedson Fernandes: a pós-verdade e a pós-contabilidade

Gedson Fernandes: a pós-verdade e a pós-contabilidade
José Manuel Ribeiro

Tópicos

Gedson vai render quase tanto como Frenkie de Jong e mais do que Bruno Fernandes?

Bem-vindos à quinta dimensão. Quando se fala em 65 milhões de euros por Gedson, médio do Benfica, o futebol aproxima-se do vudu. Gosto de Gedson, percebo o que faz dele um jogador especial, mesmo sendo quinta ou sexta opção de Bruno Lage, mas o holandês Frenkie de Jong (22 anos), patrão do Ajax semifinalista da última Liga dos Campeões, seguiu para o Barcelona por 75 milhões de euros ao cabo de um leilão entre os clubes mais ricos do mundo. Ou seja, há seis meses, o mais cobiçado dos médios custou "só" 75 milhões de euros. E o Sporting não recebeu propostas de 65 milhões por Bruno Fernandes.

Ou há aqui mau jornalismo, ou o Benfica saltou para um universo alternativo, que já não obedece a leis de nenhum tipo, sejam da física, da lógica ou do ainda "mais" infalível capitalismo. Nem sequer posso condenar quem levou a sério e fez eco deste número, porque não é algo que eu próprio consiga descartar perentoriamente.